sábado, 20 de junho de 2009

Tô ficando Velho!! (leia até o final...)

Tu sabe como a gente percebe que está ficando velho?
Buenas, eu percebi hoje...
Minha mãe voltou do Rio de Janeiro, onde foi passar um fim de samana de encontros de família com suas irmãs, meu primo e blablabla... e sabe o que ela me trouxe de suvenier? UM IMÃ DE GELADEIRA!!!! PelamordeDeus!!! me trouxe um imã de geladeira!!!!
A patroa ganhou uma canga, de menina da praia e talz...
O meu irmão ganhou um chaveiro fashion de havaianas desenhadas com a calçada de ipanema...
Meu pai recebeu uma camiseta bacana com escrituras alusivas à Cidade Maravilhos...
E eu...
Um dono de casa...
Um coroa...
Um Velho, recebi um imã de geladeira...
Não que seja feio...É um imã do Maracanã muito bacana, mas é a idéia... Ela pensou assim:
"-Ahh, o Rafa já tá muito velho pra ganhar alguma coisa pra ele... Ele tá na fase de ganhar coisas pra casa!" Putz! Sempre que eu falo com a minha vó ela me fala de como tão bonitas as plantas dela e eu digo como as minhas estão crescendo, sabe? Coisas de coroa.

Até aí cara, tudo bem. Eu aceito ser um velho.
Mas agora já não posso chamar meus amigos de BICHINHA!!! Por quê meu Deus????
Eu ligo pro Flavio (usando nomes fictícios novamente): "- Ô corno! Quantos já tem no time??"
"-Pô Rumba (o meu também vai ser fictício), já tem 10! Mas fala com esses baitola aí!"
"-Tá falow viado!"
"-Abraço bichinha!"
...
Entendeu? Amor à flor da pele...
Esse cara é um dos caras que eu mais amo no mundo, e ele à mim (tá eu sei que soou gay), mas esse tratamento entre nós sempre foi extremamente saudável (ou salgável).

Futebol. Baseado em fatos reais.
Giuliano (fictício) com a bola, joga muito diga-se de passagem, eu jogando no outro time, ele parado na minha frente. Ganhando o jogo. Esperando o momento de eu abrir as pernas pra me aplicar uma humilhante caneta. Eu espando o momento de aplicar-lhe uma tesourinha (de leve néuo). Ele faz seu movimento. Eu desfiro meu golpe. Caneta!... Tesoura!!!... Gritos... Estardalhaço... ELES - "-Porra, tu vai quebra a perna do teu irmão!"
Eu - "-Ahhh, pára de se bichinha!"
MEU IRMÃO - "-uihaiushiauhsiahisa, tomo uma caneta linda hein viadinho?!"
EU - "-Na próxima eu te quebro!"
Sempre foi assim...

Mas não agora!!!!!!
Agora somos adultos!
Nosso futebol tem que se resumir a toques mágicos e jogadas firmes, mas na bola! Acabaram-se os tempos em que o bonito era dar uma porrada no Moustache (fictício e em inglês!!). Já se foram os momentos em que aplicar uma janela era sinônimo de um revide na canela. Não podemos mais chamar os outros de bichinha! O moralismo chegou ao nosso futebol!!!!

CHEGA!! Daqui pra frente somos todos adultos!
Não bate-se mais! Tome a janela e cale-se, caia e esperneie seja adulto!
Ganhe um Imã e se dê por satisfeito! O tempo de chamar os outros de viadinho já se foi!
Assim como a ilusão de ganhar uma camisa do Mengão virou um mero sonho.
Chegou a vida adulta.

PS.: Usem o sagrado direito do livre arbítrio! Respondam e aguentem as consequencias!

2 comentários:

  1. hehehe..tu é uma jóia mesmo..a cada dia que passa tu ta mais puto! Sempre foi assim, sempre fomos adeptos do futebol pegado(mas cheio de arte também)hehehe..Também adoro dar umas porradas durante o jogo..faz parte!Bato no Juliano(ou Giuliano)..adoro bater no irmão do negão,no ivan, dar meus carrinhos ora estilo guinazu, ora estilo edinho..mas sempre tento ser o mais discreto possivel! Não batento DESCARADAMENTE neh sua bicha..mas eh assim, o nosso futebol eh pegado mesmo! Soh que a maior verdade é que nunca..nunca vamos ter um motivo tão grande para terminar nossas peladas..bate-boca eh do futebol e não conseguiremos ficar sem ele nunca..vamos jogar até que as nossas pernas não aguentem mais! Ou vai dizer que tu vai conseguir fica um dia sem ver as defesas espetaculares do R. Saja ou tesouras voadoras do negão..?? Pois eu mesmo te respondo: não vai conseguir..pode até tentar, mas não vai consegir..heheheh..E vai toma no teu cú antes que eu me esqueça sua bichinha! Salve o nosso Futebol de varzeano...hehehe..Ah e soh mais uma coisa, não estamos ficando velho porra nenhuma! Abraço mulherzinha.

    ResponderExcluir
  2. O que ocorre meus amigos, é que SE magoa fácil... E isso até acho normal... Quem me conhece sabe, entre "Nós" que um dia nos chamamos "Terrais" (e ainda acredito que p/sempre seremos bem lembrados assim) considero a mim mesmo o cara mais sentimental.. Nunca neguei isso, pelo contrário, sempre me expus, p/que as verdades viessem a tona. A saudade, a felicidade ou até mesmo a raiva.

    E o que acontece neste momento, qdo chegamos ao ponto de parar um jogo faltando 15 minutos, é exatamente isso... Penso que está faltando um pouco de coragem p/assumir algumas coisas ou aceitar outras...

    Meu amigo, ou melhor... com certeza, meu IRMÃO, BROTHER DE FÉ... Penso que (e sempre falo assim, para deixar claro q trata-se do meu ponto de vista e não uma análise a ser considerada verdadeira) perder no futebol é algo normal, temos que aceitar e não ter vergonha disso. Penso que, p/se impor, mostrar a masculinidade, não é preciso escolher um desconhecido como um "antipático" ou "não vou com a cara dele" e sair caçando-o a cada jogo. A adorável Dona Arabia sempre fala: "P/ser homem não é preciso beber"... E com certeza, muito menos bater dscaradamente no adversário, ainda mais qdo estamos entre conhecidos, mtos ali de anos, mesmo que amigos dos amigos. Nossos jogos sempre foram pegados, e até mesmo eu , que me realizo humildemente embaixo das traves, fazendo defesas espetaculares ou tomando frangos inesquecíveis, tbm sempre fui adepto do futebol aguerrido... Várias vezes, qdo a zaga me deixou sozinho no lance, tive que sair de forma atentadora contre o avante que vinha contra ... Saio p/rachar mesmo, MAS sempre na bola, nunca de forma desLEAL, por trás ou com o cara já no chão.

    A provocação tbm é algo normal... Chamar o outro de bichinha é normal, mas em certos momentos o tom pode ser mais do que de uma mera brincadeira de ETERNOS adolescentes... Ninguém gosta de deboche. ninguém, e se o ofendido mesmo assim ficar quieto e não se manifestar, seja na bola, sem a bola, ou verbalmente, ele não será menos macho e sim um cara que entra em campo p/se divertir.

    Te Amo Bichinha, sempre foi assim e sempre será.

    Quem sabe um dia, num prazeroso sonho, ao disputarmos um campeonato, tu possa dar uns botinaços descarados nos jogadores rivais, contra - DAÍ SIM - desconhecidos, que saberemos que nunca mais veremos, mas não ali, na nossa Arena, na nossa Cancha, onde nos encontramos todos os sábados p/rir um pouco, zoar um pouco e pq não, bater uma bola, um momento de diversão sim, e não p/mostrar que um é mais macho que o outro.

    Nada pessoal, pelo contrário, apenas para nos divertimos cada vez mais.

    Renato, Renatito, ou R.Saja, como queiram.

    ResponderExcluir