domingo, 7 de junho de 2009

A emoção da vida...

O que você faria se a emoção na sua vida fosse totalmente usurpada de você no momento mais impactante? O que, meu amigo?? O que faria???

Imagine amiguinho, que o senhor está em uma balada. Aquela noite fervilhante da cidade baixa, com um ar pesado, esfumaçado e cheirando a perfume de mulher, aquela música do Seu Jorge, o balanço daquela morena escultural... toda aquela coisa que o homem SOLTEIRO adora... Você se prepara, ajeita o cabelo, dá aquela "tossidinha" (urhummm urrhhuumm), para aveludar a voz, pensa naquele milésimo de segundo: -"O que que eu vou dizer?!" Está tenso. Está inseguro. Está emocionado. É aquela a adrenalina que você estava ansiando a noite inteira.
Ela está próxima. Dois metros no máximo. Você vai em sua direção com aquele olhar sensual. Preparou o melhor sorriso. É a emoção mais pura e à flor da pele que você pode sentir.

Pronto é o momento.

Sim.

Ela veio até você e do alto de seus 12 cm de salto te disse Sim. Não te deu tempo de pensar... Tu ia dizer que ela tinha os olhos mais lindos em uma área de 200 metros quadrados dali. Que a boca dela brilhava mais que uma estátua de Jade. Que o cabelo dela era mais macio que uma plantação de algodão nos alpes Suíços... Sei lá, quando chegasse lá tu decidiria!
Mas não. Ela disse SIM antes da tua fala! E a emoção??? E a batalha????

A conquista é tudo! Aí está a emoção! E ela te usurpou isso! Te roubou o direito da emoção! Do coração batendo forte. Do suor na testa. Da mão gelada. Enfim, te tirou o tesão.

Até aí tudo bem. Ela te tirou a melhor parte, mas tu vai conseguir chegar no teu objetivo. Vai levar ela pra jantar, dar um presentinho, mandar uma mensagem de paixão no meio da noite dizendo quanta falta ela te faz, e essas coisas que dizemos...

Mas essa maldade chegou ao futebol!
Aí o buraco é mais embaixo!
Eu não me conformo!!!!

Estavamos eu e minha patroa em uma lancheria na parte "Alta da Cidade", da qual não posso revelar o nome, sentados os dois em uma mesa próxima ao televisor, esperávamos pelo início da partida do Internacional contra algum oponente que não recordo o nome. Quando de repente percebemos a presença "dele".
Fardado de Colorado da cabeça aos pés, meias, calções, camisa, boné e finalmente o rádio! O rádio era do Inter. Digo isso porque este é o personagem principal dessa pequena história, o cara a ser batido, o marginal a ser apreendido. O cara que ouve o jogo no radinho!
Quem nunca odiou o cara do radinho?
Todos sabemos que a televisão não pode transmitir a partida com a mesma velocidade do rádio.
A explicação é física. A onda do rádio é mais rápida. Na televisão a imagem é repartida, enviada e recuperada no televisor, o que demora de 3 a 6 segundos a mais.
O problema é que enquanto estamos vendo a partida (e sentindo a emoção do jogo obviamente) alguns estão nos passando para tras, prevendo o futuro ali mesmo, sabendo o que vamos ver segundos antes de vermos!!!! Absurdo!! Maldade! Sem vergonhice!!

O Guina tá com a bola no meio do campo, volta para o Bolívar na zaga, lançamento para o Nilmar... Emoção a flor da pele. Dois marcadores na frente dele. O que ele vai fazer?? Passar? Driblar? Chutar a gol? Não sei. A Big não sabe. O homem do bar não sabe. Nem o Nilmar sabe!! Mas "ele" sabe. E ele conta. O Nilmar tá indo pra cima do cara quando o desgraçado grita:
-"Feito!!!!"
-"FiadaPuta!!" retruco eu, enquanto o Nilmar passa voando pelos dois, passa pro Taison, que bate a gol e mata o goleiro. Golaço. Mas eu nem vi na hora. Só no Replay.
Era só emoção. O que ele faria?? Ali era a vida. Imprevisível, qualquer coisa seria uma surpresa. Tudo que ele fizesse seria mágico. O coração batendo forte, vai ser gol?? Não vai? Ela vai dizer NÃO? Vai dizer SIM? Eu vou conseguir o emprego?? A emoção!!! É nisso que se resume a vida!
E querem tirar da gente a melhor parte da vida. Querem prever o futuro. Querem acabar com a emoção! Não! Eu digo que não! Sem radinhos no bar! Queimem os radinhos! Quebrem os radinhos!!! Que sejam banidos esses manipuladores da emoção! Que sejam esquartejados esses videntes da vida! Matem os charlatões do futebol!!!!

Na Idade das trevas as bruxas eram queimadas, acho que essa seria uma boa resposta. Queimem o homem com o rádio!!!!

4 comentários:

  1. Mais dia menos dia eu sabia que ia sair essa cronica.
    Fia da pu do cara do radinho!!!!
    Tu como vereador deve apresentar uma lei proibindo o uso de radinhos e celulares que possuam tal tecnologia.
    Só nao repete "Boca dela" que fica ruim pa nois. Abraço chinelO!!

    ResponderExcluir
  2. Po que bom que o senhor estava atento hein!?
    obrigadão mesmo pela crítica...
    obs.: vai pa porra!

    ResponderExcluir
  3. É verdade, aquele que ainda se atreve a assistir uma partida de futebol no bar, acompanhado de um radinho, deve ser banido da sociedade.

    Agora... A analogia com o momento da "conquista" que acaba sendo usurpado em tais situações... Essa ficou perfeita.

    Parabéns, discipulo de David

    ResponderExcluir
  4. Ao menosm era jogo do inter..e se o taison tah em campo tem gol..Taison a Fera!

    ResponderExcluir