quinta-feira, 25 de março de 2010

Dos julgamentos

Não tenho mais saco para esse casal Nardoni!

Mas ainda assim escreverei sobre esse assunto que está tão em voga para arrecadar um pouquinho da notoriedade do assunto para o incrível blog Filosofiassalgadas.Valdivia%20Nardoni

Para aqueles que não sabem, minha patroa é advogada (eu sei que é perigoso, o Bira já me falou!). E quando algum assunto como esses é tão divulgado, nós o discutimos entre uma roupa para lavar e outra ou no café antes de dormir.

Nesse episódio dos Nardoni é difícil chegar a um concenso sobre se o mais apropriado é mesmo que os dois sejam julgados por um júri popular (pessoas comuns que não tem bosta nenhuma para fazer e vão lá pra julgar outras pessoas que fizeram uma grande bosta), ou então por um júri técnico (Juizes, normalmente múmias, que se julgam a maior bosta do mundo). Eu penso que o júri deve fazer a justiça que a mesma não pode por impedimentos da própria lei. Ela (minha patroa) vai em defesa da justiça, que pode ser cega, mas jamais seria injusta.

Bueno, o júri popular terá a difícil tarefa de julgá-los, e o fará com toda a passionalidade que é típica de pessoas colocadas em grupos.

É como se a torcida do Internacional desse o aval na contratação ou dispensa de algum jogador. Já pensou? O presidente do Colorado deixa a incumbência de dispensa, ou não, do Alecsandro para os torcedores, logo depois de um 0 X 0 contra o famoso Serro do Uruguay. Ele já estaria a essa altura bem longe do Estado do Rio Grande.

Não que eu goste do Alec, o centroavante esgoto, a jogada vai ali e fica toda cagada. Longe disso. Mas se formos ver os números deste energúmeno, que é o q ue um júri técnico faria, deixaría-mos o moço trabalhar em paz.

Felizmente o futebol, como a vida, não é uma ciência exata.

E nós podemos julgar com toda a paixão que nos é possível. Portanto eu digo: “ADEUS ALECSANDRO!”

Outro fato que me fez divagar sobre o assunto do julgamento foi o jogo de ontem. AMIGOS DA ZNA SUL FC. X NAMORADOS DO BEBÊ.

Ao sair do local da peleia, depois de um empate em 7 x 7, fui alvo, por mim mesmo e meus colegas de equipe, de algumas críticas. Mais cobranças da minha parte, achando que fui muito mal. Naquele fervor do momento, só pensava nos dois gols na cara do goleiro que perdi (não é do meu feitio). Um deles até lembrava o que Charlie (negão) perdeu lá na Arena, quando um moço fora da quadra o apedrejou, dizendo que ele ruim demais, que saísse dalí, coisas assim, de júri popular.

Mas chegando em casa, com a cabeça fria, depois de um banho e um café quente concluí que não fui tão mal assim. Dos 7 gols que fizemos, 4 saíram dos meus pézinhos de camisa 10. Dois deles eu mesmo guardei, e outros dois foram passes açucarados para o Júlio Baptista dos Pampas e para Jean, o zagueiro sem radar, deixarem suas marcas sem nenhuma dificuldade. Nesse momento eu era o Juri Técnico.

Agora fique na dúvida: Devemos sempre julgar os outros no momento? Deixando nossos sentimentos (verdadeiros e intuitivos) nos levarem? Sendo um júri popular? Ou devemos parar e refletir sempre? Pesando tudo. Sendo um Júri técnico?

Difícil.

E Quanto ao Dudinha? Que nos deixou na mão? Damos um tempo pra ele na geladeira? (Se o deixarmos na geladeira ele vai limpá-la!)

Ou relevamos, recordando que muitas vezes ele estava lá?

E quanto ao R. Saja? Ele seria um craque? Julgando emocionalmente, como um júri popular, pela última atuação ele é o Júlio Cesar da Zna Sul. Ou seria um mão de pau? Se formos ver sua história, e julgá-lo por isso, soltou 12 entre 12 bolas que vão na sua direção. E aí??

Pois eu digo! Sou pura emoção! Sou mais o Júri Popular sempre!!!

Azar dos Nardoni! 50 anos de prisão!! Não importa se não tiver provas!

Eu tirei “zero” no jogo passado! Não importa o que eu fiz! E sim o gol ridículo que perdi!

Dudinha na geladeira! Azar o dele! E se engordar mais 10 quilos na geladeira vai apanhar na volta!

R.Saja é GÊNIO! E quem pensa o contrário, levando em consideração os 2.435 gols ridículos que ele tomou que vá se catar!

JÚRI POPULAR SEMPRE!

6 comentários:

  1. Sou mais o júri POP também..

    Mas o que falar sobre a atuação de R.Pumba em nosso último embate organizado pelo jodador e cartola R.Bebe?

    Neste primeiro momento quero fazer um breve parêntese sobre a atuação pífia de R.Bebe, acredito que ele está se saíndo melhor na cartolagem. Indico uma pré-temporada bem forte antes deste gênio do futebol voltar aos gramados.

    Agora sim, falaremos de nosso craque, um exímio camisa 10 (seria ele, o nosso D'alessandro protagonizando uma cena escrotal tentando brigar com Argel, o treinador que deu um nó tático no treinador Jorge Fossati do nosso querido colorado), um jogador diferenciado com passes milimétricos e chutes certeiros. Porém, naquele fatídico jogo contra os inimigos do Bebe sua cabeça parecia estar em outro lugar, os passes não tinham a mesma precisão e o que falar dos chutes... Desde o início da partida parecia ter encarnado o espiríto de Dinho - O cangaceiro do Pampas, seria este espiríto de porco que atrapalharia seu raciocínio na hora de colocar a bola dentro do gol? O que atrapalharia nosso craque, seria o caso Nardoni?

    Apesar de seu passado de glórias, R.Pumba não conseguia dicernir que tipo de Júri ele era naquele dado momento entre as 23 horas e a meia noite. Ao meu ver, ele foi Júri Popular do início ao fim da peleja, com alguns lampêjos de Júri técnico. Vamos aos fatos.
    Primeiro Lance:
    No placar 2 a 0 para o time adversário, Juliano perninha avança pelo meio campo com apenas um marcador a sua frente efetuando um passe de g~enio, deixando nosso craque em questão cara-à-cara com o goleiro, e ele dá uma cavadinha coloca a bola na mão do goleiro como num passe de Handebol. Quando R.Pumba recebeu a bola tinha parte da goleira descoberta pelo arqueiro, então pensou como Júri técnico, analisou a gama de possibilidades, escolhendo a pior dentre elas a cavadinha(para qm não sabe, a cavadinha é quando o jogador tenta encobrir o goleiro). Aquela era a oportunidade de descontar a sua raiva, ser o júri popular, fazer a justiça, tínhamos o jogo na mão apesar do placar discordar. O erro: não agiu com a sua intuição de craque e quis inventar.
    Segundo Lance:
    Não lembro o que o placar marcava, mas me lmebro muito bem do lance. R.Pumba recebe um passe açucarado mais perto da goleira do que da marca do penalti, praticamente embaixo da trave, logo, ele agiu como júri popular. Isolou a bola, num lance mais feio do que aquele protagonizado por Carlos na arena. Um torcedor levemente embriagado não conseguiu nem esbravejar vendo aquela cena, a única coisa que conseguiu fazer foi balançar a cabeça e tomar mais um gole para digerir os próximos lance que viriam. O ERRO: Agiu como júri popular mas tão de perto do gol nunca foi a especilidade dele, sempre fora sua especilidade os chutes de média distancia dignos de um camisa 10.

    Então, um recado para ele seja Júri popular quando estiveres com o espírito de Dinho em campo. Pense, Reflita para que sua intuição de artilheiro, de júri pop não SEJE (essa é em homanagem ao muralha da tinga que está na geladeira mas jamais esquecido por nós) ofuscada pela violencia desferida aos adversários.


    1 Abraço de quem te quer bem nosso camisa 10!

    ResponderExcluir
  2. R.bebe to contando contigo sábado na arena zona sul.

    ResponderExcluir
  3. Salguemos então..Bom, primeiramente gostaria de esclarecer que não pude estar presente na partida de ontem por estar em uma reunião regada a vinho em um hotel paradisíaco e luxuoso, na Ilha da Quintonésia, juntamente com R.Saja para concluirmos a difícil negociação envolvendo a contratação de Leôncio para atuar como Chefe do Departamento Médico do FC Zona Sul. Depois de uma viagem de 102 horas de Porto Alegre até Palmares, apresentamos a Leôncio o projeto ambicioso, de médio prazo, denominado "Rumo a Dubai", detalhando cada etapa e todas as providências tomadas para concluirmos com êxito nosso gigantesco projeto. Leôncio ficou muito entusiasmado com o projeto, deixando clara sua vontade de participar e colaborar para o sucesso do projeto, porém pediu carta branca para implementar seu tratamento do "tubo" em todos os jogadores, pois revelou que o tratamento vem mostrando resultados não só com atletas lesionados como nosso glorioso J.Perninham, mas também com jogadores plenamente em forma, aumentando seus rendimentos espantosamente. Leôncio também pediu um valor muito alto de luvas e salários para assinar conosco, então o informamos que dinheiro não é problema no FC Zona Sul, pois temos um forte investidor do mundo Arabe, que estainvestindo rios de dinheiro no clube. Com esta notícia ele aceitou na hora a proposta e concluimos a negiciação. Portanto desde já a torcida esta convocada para recebe-lo no aeroporto na semana que vem. Sobre o jogo de ontem, acompanhei com R.Saja a partida pelo "pay per view", e contatamos alguns problemas..R.Pumba realmente parecia abatido em campo, dando a impressão de ter estar cansado e desconcentrado na partida. Nosso camisa 10 talvez tenha sentido falta da companhia de F.Pato para ajuda-lo na orientação e armação da equipe ou da falta da segurança ou insegurança de R.Saja na retaguarda e realmente deixou a desejar, lembrando em alguns momentos o R.Pumba do primeiro semestre de 2009..nervoso, atacado, raivoso, petulante, provocador, revoltado e com surtos de violência. Mas apesar de ter irritado a torcida e ter perdido alguns gols de forma rídicula e bisonha teve alguns lâmpejos do gênio que sempre foi, com algumas assistência preciosas e enfiadas de bola espetaculares.. J.Perninha foi o melhor em quadra, mostrando que esta plenamente recuperado de sua grave lesão e que só tem a crescer com a sequência de jogos a assintência, agora de diária, de Leôncio. Já R.Bebê teve uma atuação apatica, abaixo do normalmente demonstrado por ele. Mas para este temos uma explicação, o craque abusou das comemoraçães após a vitória do sábado passado, na qual teve um retorno marcado pela glória que sempre o acompanhou..funciónários infiltrados do clube, encarregados de acompanhar a vida noturna dos atletas relataram que R.Bebê esteve no sábado à noite em local de baixa reputação, no qual trabalham mulheres de vida fácil, que fazem sexo em troca de dinheiro..e que o mesmo só saiu deste lugar 72h após ter entrado, apresentado sinais de cansaço e embriagues..portanto não teria mesmo como render no jogo de ontem. Mas após uma reunião na tarde hoje decidimos que nada irá mudar no momento e tudo segue como esta no FC Zona Sul, porém não serão mais toleradas atitudes antidesportivas como esta. Támbém como o jogo era fora de casa o empate não deixa de ser um bom resultado. Mas já vou adiantar que a diretoria vai cobrar geral para a partida de sábado e que se o resultado não vier, cabeças irão rolar..ehehe! F.Pato

    ResponderExcluir
  4. Confesso q ao assistir ao jogo pelo PPV com F. Pato realmente me decepcionei com a atuação de R.Bebe... Ando meio por fora da noturna porto-alegrense, mas o problema deve residir aí mesmo.

    O parecer final de Julian Pernian é bem interessante e válido.

    E qto a mim. Sou Júri Técnico, até pq... Um dia serei Juíz de verdade.

    ResponderExcluir
  5. O lado bom das coisas...

    Vejamos bem, apesar de tudo passado e o empate de ultima partida(Heroico digamos de passagem) so vi comentarios ruins sobre a equipe e nada de avaliações tecnicas e produtivas, primeiramente Rafa, apesar da displicência no lançe da cavadinha não comprometeu o jogo, apesar que a torcida tem que eleger um vilão pra historia e um heroi, bem pelos seus companheiros de equipe e pelo juri popular ele foi o vilão da partida e mesmo apesar de pensar que tal alcunha para o proprio seja um pouco forte ainda acredito que você va do ceu ao inferno em pouco tempo, sendo assim mesmo atuando na media sai vaiado pela torcida...isso me lembra um lance interessante...inter e algum time o interior gaucho, agora não me recordo o nome. O inter precisava ganhar para se classificar pelo glorioso titulo do gauchão, na meia alex, no ataque nada mais nada menos que alexandre pato, 41 do segundo tempo pato recebe pela direita e da a mesma cavadinha que encobre o goleiro e belamente raspa a trave indo pra fora!! Pato foi condenado? Não, todo mundo falou mal da equipe do inter...então por que rafa foi o vilão do jogo??? Acredito que não são bem assim as coisas...

    Destaco também a atuação de Preto Bomba (Negão) discreto na zaga sempre sentando o cacete nos adversarios com a maior categoria, por que pau todo mundo sabe dar, mas com tecnica so ele consegue...Henry o Kaká do time, arma, corre, marca , chuta, dribla...juliano perninha, ainda com a perna desajustada sempre levou perigo ao gol adversario com dribles de moleke e chutes perigosos, rafa organização tatica, porem muitos gols perdidos deixando sua atuação um pouco comprometida, tchutchuco, pra mim o melhor do jogo entrou no espirito de garra, fez a equipe jogar e marcar, berrou quando tinha que berra, fez gol!!! Jean entrando na sombra de R.Bebê não teve sua atuação comprometida apesar de ter perdido um gol de cabeça só ele e o goleiro, Goleiro da equipe, fez defesas importantes e salvou quando precisava...R.Bebê a equipe não precisa de um atleta que sai na noite anterior do jogo e come churrascada e bebe cerveja, caipira, cachaça, uisque, vai trabalha virado e ainda que posar de craque, isso não é e nunca vai ser um comportamento de um atleta de alto nivel, isso mostra que 25 min jogados, e um chute a gol perdido, so mostra que esse craque de outrora não quer ir pra copa, desde quinta feira R.Bebê está afastado do time titular e voltou a fazer pré-temporada, so vai participar dos coletivos sabados na Zona Sul na arena e enquanto não estiver no peso idela e com as ideias ajustadas não tem nada a contribuir com a equipe....a noticia boa foi que fiquei sabendo que ele já perdeu 2kg e isso ja mostra o bac que foi o jogo de quarta para ele....bem vejamos o lado bom das coisas....A voz do povo e a voz de Deus "Da uma descansada ali BebÊ"

    ResponderExcluir
  6. Bah Bebê!! Poucas vezes vi alguem com tanta consciencia na salgada...
    Parabéns. E mais! Espero a sua volta a forma física ideal para escalá-lo sempre em minha equipe!

    VOLTA RONALDO! (À FORMA FÍSICA IDEAL)

    ResponderExcluir